7 maneiras de estimular a criatividade em uma grande empresa

Hoje em dia, a função de estimular a criatividade também passou a ser do departamento de Recursos Humanos. Isso porque os grandes negócios estão prevenidos acerca dos perigos da estagnação em um cenário de alta competição.

Contudo, por se tratar de uma orientação relativamente nova, muitos profissionais ainda têm dúvidas sobre práticas mais eficazes para produzir ideias originais e estimular um empreendimento.

Separamos 7 medidas que servirão de pontapé inicial para incentivar os colaboradores e atender a essa nova exigência.

1. Escutar feedbacks

A opinião dos colaboradores a respeito de procedimentos, problemas, práticas e decisões da empresa pode ser uma potencial fonte de ideias criativas. Por isso, escutar os feedbacks e estimular que ocorram é o primeiro passo para construir uma política capaz de gerar novidades.

2. Aplicar a técnica de brainstorming

Brainstorming é uma técnica de estímulo ao pensamento, na qual os participantes expressam as ideias que associam a uma situação proposta, sem julgamento prévio. Por exemplo, soluções que imaginam para um problema. Utilizada em reuniões, anúncios internos, pontos de recolhimento de ideias e afins, tende a contribuir para o surgimento de alternativas que fujam do comum.

3. Implementar um laboratório de criatividade

Implementação de uma sala destinada ao desenvolvimento de ideias novas, contendo livros, vídeos, quadros, jogos e outros materiais (lápis de cor, papéis, post-it etc.) que estimulem o pensamento. Criar um conjunto de regras específicas, como pedir que as pessoas deixem ao menos uma ideia antes de sair ou que se expressem com desenhos.

4. Documentar ideias

Outra prática para estimular a criatividade é pedir que os colaboradores documentem suas ideias, de maneira livre ou orientada. Pode ser feito em nível pessoal, sugerindo-se anotações em blocos de papel ou smartphones, bem como pelo recolhimento em quadros, e-mails, caixas de bilhetes e outros registros.

5. Adotar uma política de incentivos

Recompensar os colaboradores é um dos maiores estímulos para o surgimento de soluções criativas. Afinal, as pessoas se sentem mais motivadas quando os benefícios são palpáveis e imediatos.

Alguns exemplos de incentivos:

  • sorteio de viagens, cursos de qualificação e bens;
  • bonificações;
  • feedback positivo e reconhecimento público.

6. Orientar os líderes

Os líderes são responsáveis por influenciar o comportamento dos colaboradores, de modo que, se estiverem voltados para criatividade, a tendência é a disseminação dessa cultura por toda empresa. Sendo assim, é preciso identificá-los e engajá-los na busca de ideias novas, a fim de contagiar os demais.

7. Capacitar os colaboradores

Os colaboradores, muitas vezes, não sabem exatamente como ser criativos, ou seja, não possuem afinidade com o assunto. Logo, ficam pouco estimulados a participar das dinâmicas e atividades voltadas para esse fim.

É importante oferecer palestras, cursos, workshops e outros eventos sobre criatividade, para que o conteúdo seja assimilado. Pode servir, inclusive, para demonstrar que a organização estará aberta às novas proposições a partir daquele momento.

Seguindo essas maneiras, você não terá dificuldade para implementar as ações e estimular a criatividade na sua empresa.

Gostou do texto? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades.